quarta-feira, fevereiro 26, 2003

...







Marcha de Quarta Feira de Cinzas
(Carlos Lyra e Vinícius de Morais)

Acabou nosso Carnaval
Ninguém ouve cantar canções
Ninguém passa mais cantando feliz
E nos corações
Saudades e cinzas foi o que restou

Pelas ruas o que se vê
É uma gente que nem se vê
Que nem se sorri
Se beija e se abraça
E sai caminhando
Cantando e dançando
Cantigas de amor

E no entanto
É preciso cantar
É preciso cantar e alegrar a cidade

Quem me dera viver pra ver
E brincar outros carnavais
Com a beleza dos velhos carnavais
Que marchas tão lindas
E o povo cantando seu canto de paz

A tristeza que a gente tem
Qualquer dia vai se acabar
Todos vão sorrir
Voltou a esperança
É o povo que canta
Contente da vida
Seu canto de paz

É, queridos fregueses... o bazar finalmente caiu do telhado e fechou as portas... acontece, né? Só quero dizer que foi bom prá mim... foi bom prá vc? O que eu posso dizer? Foi uma experiência bem legal, mas já deu o que tinha que dar... aos amigos que fiz, espero poder cultivar essas preciosas amizades vida afora... também espero que todos que passaram por aqui tenham se divertido tanto quanto eu me diverti. essa era a única intenção e motivo de tudo.

Beijos a todos.