sábado, fevereiro 01, 2003


boletim exílio: o sábado passou sem maiores emoções. Nada de mais, nada de mal/Ninguém comigo além da solidão ...
vamos ver o que o domingo me reserva...

sexta-feira, janeiro 31, 2003


atenção, atenção! vou começar com as aulas de direção na semana que vem! os que têm amor à vida, permaneçam em casa das 15:00 às 16:00!! e nossa senhora do poste que me proteja!

esse povo daqui tem uma imaginação para nomes que não está no gibi... cleidislane, uelitã, meirilande, cleidivane... vou fazer um daqueles livros 1000 nomes para o seu bebê.

essa semana uma prima de são paulo foi visitar meu pai lá em casa. deixei um presentinho para que fosse entregue a ela. quando fui comprar, fui a uma praça de artesanato que tem no shopping, para ver se tinha alguma idéia para o presente. vi uma blusinha linda, de renda, pendurada num simplório cabide, desses de arame, numa das tendas, e pensei: “poxa, essa está linda pra colocar com um shortinho e ir para a praia, com o biquíni por baixo. vou comprar uma para ela e uma para mim.” serelepe e saltitante, fui perguntar à vendedora:

eu - moça, quanto custa?
ela – essa daí está por R$ 220,00
eu (sem me alterar, com o mesmo tom de voz) – não... só a blusinha...
ela – é... só ela... R$ 220,00
uma amiga que estava comigo saiu do stand, prendendo o riso
eu (no melhor estilo a raposa e as uvas verdes) – é... é bonitinha? mas eu tô querendo uma para ir para a praia e essa, com certeza, vai puxar a linha na primeira vez que eu sair... vou levar não...

essa época do ano é horrível. todos os preços são para extorquir turistas e a gente da terrinha sobra. mas cobrar 220 por aquela blusa, até para turista, é uma falta de vergonha.

sunny, minha companheira de bom gosto, e sobre esse, qual a sua abalizada opinião? ;o)


Não fala de Maria

Chico Buarque
1969

Não fala de Maria
Maria lembra mar
Que lembra aquele dia
Que não é bom lembrar
Que dia, que tristeza
Que noite, que agonia
Que puxa a correnteza
E traz a maresia
E bate aquele vento
Que lembra um assobio
Que lembra um sofrimento
Que eu não merecia
Não fala não, te esconjuro
Que só de imaginar
O tempo fica escuro
E o espanto agita o mar
Que lembra aquele dia
Que lembra uma canção
Que faz lembrar Maria
E aí não lembro não
A coisa fica séria
É como um turbilhão
Fazendo uma miséria
No meu coração

ainda nas observações novelísticas globais, esse ator que faz um advogado em esperança é a cara do tom hanks, nénão?

nota sobre a casa das sete mulheres: thiago lacerda está me saindo um canastrão de primeiríssima linha... algo assim, como uma mistura de francisco cuoco com tarcísio meira...

alguém lembra disso?

“o bem vence o mal
espanta o temporal
azul, amarelo
tudo é muito belo”

quinta-feira, janeiro 30, 2003


tá bom por hoje, né? quem sair por último fecha o bazar, por favor.

"Na ilha por vezes habitada do que somos, há noites, manhãs
e madrugadas em que não precisamos de morrer.
Então sabemos tudo do que foi e será.
O mundo aparece explicado definitivamente e entre em nós uma grande serenidade,
e dizem-se as palavras que a significam.
Levantamos um punhado de terra e apertamo-la nas mãos.
Com doçura.
Aí se contém toda a verdade suportável:
o contorno, a vontade e os limites.
Podemos então dizer que somos livres, com a paz e o sorriso
de quem se reconhece e viajou
à roda do mundo infatigável,
porque mordeu a alma até
aos ossos dela.
Libertemos devagar a terra onde
acontecem milagres como a água,
a pedra e a raiz.
Cada um de nós é por enquanto a vida.
Isso nos baste.
(José Saramago)

quando estão passando pelo período da tpm algumas mulheres sentem cólicas, em outras ataca a enxaqueca, algumas ficam muito sensíveis, outras irritadiças... eu como... mas não é simples assim... eu tenho desejos... hoje estou com uma vontade insuportável de comer o aipim frito do picuí* e o queijo coalho assado da porteira*... só de pensar a boca enche d’água..

(*restaurantes de salvador)

gosto da noviça rebelde. mas gosto mais ainda do barão von trapp


por falar na noviça rebelde, vocês sabiam que essa história aconteceu de verdade?

fim de semana no exílio
acm toda hora na tv
catuense 3 / bahia 0 no jogo de ontem do campeonato baiano

prá enfrentar isso só muito bom humor

falando no jogo do bahia, declaração de um jogador, após a derrota:

“tirando um ou outro, quem jogou mal foi todo mundo”

“sempre que chove
tudo faz tanto tempo...”

Mário Quintana

para as clientes do bazar:

creme para pentear disciplinante liss-intense nutrilenium l’oréal elseve. pura estratégia publicitária. apesar do nome impressionar, não adianta absolutamente nada.

lanches que me lembram a minha infância:

pão de queijo mineiro quentinho com manteiga e limonada gelada
misto quente e nescau

tô falando demais em comida esses dias, né? liguem não... é a tpm...

quarta-feira, janeiro 29, 2003


DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Mário Quintana
Espelho Mágico

fim de semana no exílio... vou fazer um super-hiper bolo de chocolate com uma espessa e densa cobertura de brigadeiro para me fazer companhia.... coca light, é claro... porque a gente economiza no que pode...

do meu sobrinho, à época com 5 anos, ao sentar na cadeira de balanço do meu pai:

“(suspiro)... essa cadeira do meu avô é tão boa para sentar e esquecer dos problemas...”

o médico que esquartejou a ex-namorada está na mesma cela daquele acusado de pedofilia (Eugênio não-sei-escrever-o-sobrenome)... gostaria de saber sobre o que eles conversam...

por falar nele (eca...)

Quando Deus fez o BRASIL, decidiu dar a cada povo dois predicados, para que assim prosperassem. E, assim, disse para um arcanjo anotar em um caderno:

Os Mineiros = ordeiros e respeitadores da lei;
Os Gaúchos = tenazes e audaciosos;
Os Paulistas = trabalhadores e pacientes;
Os BAIANOS = inteligentes, honestos e votarão no ACM.

Quando terminou de fazer o BRASIL, o arcanjo o
chamou e disse:

Senhor Onipotente, o Senhor deu a todos os povos dois predicados, mas aos BAIANOS o Senhor deu três: inteligentes, honestose votarão no ACM. Isto fará com que eles prevaleçam sobre os outros povos do BRASIL".

" Tens razão, precisamos remediar essa situação. De agora em diante, os BAIANOS conservarão estes três predicados, mas, a fim de que não prejudiquem os outros povos... só poderão usar dois de cada vez".

E é por essa razão que, desde então:
1-* O BAIANO que vota no ACM e é honesto, não pode
ser inteligente;
2-* Aquele que é inteligente e vota no ACM, não pode
ser honesto;
3-* E aquele que é honesto e inteligente... não
poderá nunca votar no ACM.

nota da maria: dispenso os comentários irônicos sobre a existência de gente burra e/ou desonesta na Bahia... não tripudiem, tá? o extremo desgosto já é o bastante...

acm na tv:

“a bahia me julgou bem”...

ô meu deus, que desgosto...

“continuarei lutando contra os corruptos”

instituirá a prática do harakiri (é assim que escreve?) no congresso?

eu não tenho noção do que seja ter U$ 2.700.000.000,00... mas que é muito dinheiro para uma pessoa só, isso é, nénão?

e-mail que recebi faz tempo... é muito bom...no e-mail que dizia que é real, e foi divulgada pela câmara de dirigentes lojistas de carazinho (RS, eu acho... é, marcelo? :o)

"Prezados Senhores,

Esta é a oitava carta jurídica de cobrança que recebo de Vossas Senhorias...

Sei que não estou em dia com meus pagamentos. Acontece que
eu estou devendo também em outras lojas e todas esperam que
lhes pague.

Contudo, meu rendimentos mensais só permitem que eu pague
duas prestações no fim de cada mês. As outras, ficam para o
mês seguinte.

Estou ciente de que não sou injusto, daquele tipo que prefere
pagar esta ou aquela empresa em detrimento das demais. Não!

Todo mês, quando recebo meu salário, escrevo o nome dos meus credores em pequenos pedaços de papel, que enrolo e coloco
dentro de uma caixinha. Depois, olhando para o outro lado, retiro
dois papéis, que são os dois "sortudos" que irão receber meu rico
dinheirinho. Os outros, paciência, ficam para o mês seguinte.

Afirmo aos senhores, com toda certeza, que sua empresa vem
constando todos os meses na minha caixinha. Se não os paguei
ainda, é porque os senhores estão com pouca sorte.

Finalmente, lhes faço uma advertência: Se os senhores continuarem
com essa mania de me enviar cartas de cobrança ameaçadoras e
insolentes, como a última que recebi, serei obrigado a excluir o
nome de Vossa Senhoria dos meus sorteios mensais."

terça-feira, janeiro 28, 2003


eu amo o meu trabalho, graças a deus!! mas guardarei muito bem esse post do joão, para momentos de crises profissionais...

joão, junto com a pérola do repórter aí de baixo, esse post foi o grande motivo de gargalhada do dia!

"Um pouco de besteirol numa terça cinzenta e úmida:

Odeio meu trabalho

Quando tiver um desses dias de "Odeio o meu trabalho!",experimente isto:

A caminho de casa pare numa farmácia e peça um termómetro rectal da marca "Johnson e Johnson". Assegure-se que é desta marca. Ao chegar a casa feche todas as portas, feche as cortinas e desligue o telefone de forma a não ser incomodado durante a sua terapia. Mude para uma roupa confortável, por exemplo um moletom e deite-se na cama.
Abra a embalagem e retire o termómetro. Coloque-o cuidadosamente no criado mudo evitando que fique estalado ou partido. Retire o papel que vem com o termómetro e leia-o .Verá que em letras pequenas há uma declaração que diz o seguinte:
"Todos os termómetros rectais feitos pela Johnson e Johnson são pessoalmente testados".
Agora feche os seus olhos e repita em voz alta cinco vezes:
"Estou tão feliz porque não trabalho para o controle de qualidade da Johnson e Johnson".

Tenha um bom dia e lembrem-se, há sempre alguém com um emprego pior do que o seu!!!."

programa brasil urgente, na record

matéria no consultório do médico que esquartejou a ex-namorada:

repórter, no consultório, falando ao vivo com roberto cabrini, o apresentador do programa, que estava no estúdio:

repórter - cabrini, foram encontrados no consultório caixas vazias de soníferos e calmantes. pode ser, então, que a moça tenha sido morta quando ainda estava viva!

cabrini (falando sério) – é... é uma hipótese a ser considerada!


gente, olha o que a li fez para o bazar... lindo demais, nénão? li, fiquei sem palavras... obrigada... :o)


está trovejando muito e forte e ventando bastante... adoro trovoada, mas sozinha não tem graça não... alguém aí para me fazer companhia?

Um grupo de anões decide jogar futebol. Alugam um campinho de várzea e
vão pra lá contentes e eufóricos. Lá chegando, percebem que não existe
vestiário e então decidem vestir o uniforme no banheiro do boteco que fica
lá perto. Todos entram e se dirigem para o fundo do bar, onde ficava o
banheiro.
Chega um bêbado e pede uma birita e após alguns minutos, passam por ele os
anões do time de azul. O bêbado não entende a cena, mas continua bebendo. Em
seguida, os anões do time de vermelho, também passam por ele...
O bêbado chega pro dono do bar e diz: "Aí, cara, fica esperto que o seu
jogo de totó tá fugindo".

segunda-feira, janeiro 27, 2003


coisa claríssima que os homens não entendem: quando eles estão dirigindo e perguntam à mulher no banco do carona para que direção virar e ela prontamente responde: “para lá” ou “para cá”.

para lá é esquerda e para cá é direita, gente!!! isso é óbvio!!! aprendam rapazes...

confeiteiros sem fronteiras: ótimo nome, péssima estratégia.

é dávos ou davôs?

boa notícia (para mim, meus joelhos e minhas calças) – as quedas diminuirão. hoje fui comunicada que chegarão para cá computador e impressora! eu desço para trabalhar todos os dias com o meu notebook e o no break, ladeira abaixo, o que causa certa instabilidade para mim, que já sou meio desequilibrada (como já pudemos notar pelas inúmeras quedas anteriores). subo e desço todos os dias com essa carga, já que tenho que traze-los para casa, onde trabalho à tarde e à noite. agora vão mandar computadores para as comarcas e não precisarei mais ficar levando e trazendo o meu... só falta conseguir o ar-condicionado... se eu conseguir esse, vou pensar seriamente em me mudar para o fórum...

o que será que passava na cabeça desses dois naquele exato momento?


o beto foi o visitante n. 600 do bazar!! e foi o n. 400 também!! as provas poderão ser vistas quando eu conseguir colocá-las aqui... do jeito que a coisa tá, vai ser junto do visitante n. 100.000.

vou pensar num prêmio bem legal (tem que valer por dois, né?) e te mando, viu beto?

Uma vez um prisioneiro escapou depois de 15 anos enclausurado numa prisão horrenda.
Durante sua fuga ele encontrou uma casa, arrombou e entrou. Ele deu de cara com um jovem casal que estava na cama. Ele então arrancou o cara da cama, o amarrou numa cadeira depois amarrou a mulher na cama.
Quando ele estava em cima dela ele a beijou na nuca, se levantou e foi ao banheiro. Enquanto ele estava lá, o marido falou para sua mulher:

"Ouça, esse cara é um prisioneiro, olhe suas roupas! Ele provavelmente passou muito tempo na prisão e há anos não vê uma mulher. Se ele quiser sexo, não resista, não reclame, apenas faça o que ele mandar, dê prazer a ele. Esse cara deve ser perigoso, se ele se zangar ele nos mata. Seja forte amor, eu te amo!"

E a mulher respondeu:

"Estou feliz que você pense assim. Com certeza ele não vê uma mulher há anos, mas ele não estava beijando minha nuca. Ele estava cochichando no meu ouvido. Ele me falou que te achou muito sexy e perguntou se temos vaselina no banheiro. Seja forte amor. Eu também te amo..."

1 - “Okay, aí você me diz aquele velho chavão: "o futuro depende de nós", "eu traço o meu destino". Será? Quantas das resoluções que você fez no começo de 2002 foi capaz de cumprir? Você deu a volta por cima quando perdeu o emprego, realidade cada vez mais comum no país? Conseguiu evitar que o ser amado se apaixonasse por outra pessoa, por mais que você tenha se esforçado no relacionamento?

Pois então, registro aqui meu repúdio à tal da "independência do indivíduo". Somos infinitamente frágeis perante o Tempo que passa sem escalas, e o Futuro que chega sem aviso prévio. Só nos resta, sem qualquer conotação niilista, aceitar as regras deste jogo que se chama viver, dispondo das melhores armas possíveis: uma razão que não pretere o sentimento, uma consciência limpa e atuante, gratidão por tudo o que temos de melhor, coragem para reconhecer o medo e a incapacidade nossa, imaginação para quebrar a rotina e contornar problemas, e amigos, porque os laços humanos quase sempre perseveram no Tempo e no Futuro.”

2 - “Não que As Duas Torres seja ruim. Mas depois de uma certa idade não dá para engolir algumas coisas. O arianismo misógino do Tolkien é meio incômodo mas não chega a comprometer. No entanto, o que mais me incomodou mesmo foram alguns detalhes que ninguém consegue me explicar direito. Onde Legolas arruma tantas flechas? O cara flecha, flecha e tá sempre de algibeira cheia. De onde elas vêm? Quem as fabrica? E Aragorn? Como ele consegue correr três dias seguidos sem comer e sem dormir? Red Bull? Pó de guaraná? Anfetaminas da Terra Média?”

pedacinhos de dois dos textos do spamzine n. 86. aliás, vc já assina o spamzine? não? então vai lá e assina, ué! http://www.spamzine.net

domingo, janeiro 26, 2003


esse poema aí em baixo (o presente da cora) chama "a casa branca nau preta". é grande, por isso não coloco aqui, mas vale à pena ser lido... tem outra parte linda que diz:

"Quem dera que houvesse
Um terceiro estado pra alma, se ela tiver só dois...
Um quarto estado pra alma, se são três os que ela tem...
A impossibilidade de tudo quanto eu nem chego a sonhar
Dói-me por detrás das costas da minha consciência de sentir... "


para a cora, com carinho...


peguei aqui

essas minha freguesas são muito pirracentas… :o)