sábado, janeiro 25, 2003


ATENÇÃO!!! o(a) freguês(a) 600 ganhará prêmio! pode pedir qualquer coisa do bazar que leva de grátis!! olha o contador lá embaixo e vê se não foi você o felizardo!! (manda a prova por e-mail, tá?) :o)

os fregueses agora vão me dar licença, mas vou aproveitar a minha noite na capital... amanhã de manhã volto para o exílio e lá não tem boite...
o bazar fica aberto, tomem conta prá mim, por favor.
fiado só amanhã.

hora em que um namorado faz falta (além dessas outras - óbvias mas muito mais importantes - que vocês, meninas, certamente imaginaram):

a minha máquina digital chegou e eu estou com uma preguiça danada de ler o manual prá aprender como usar... o bazar não vai ter gravuras, pelo menos por enquanto...



Tô ouvindo agora... estou xarope hoje...

O AMANHÃ É DISTANTE

Autor : Bob Dylan - versão: Geraldo Azevedo / Babau
Intérprete : Geraldo Azevedo

E se hoje não fosse essa estrada
Se a noite não tivesse tanto atalho
O amanhã não fosse tão distante
Solidão seria nada pra você

Se ao menos o meu amor estivesse aqui
E eu pudesse ouvir o seu coração
Se ao menos mentisse ao meu lado
Estaria em minha cama... outra vez

Meu reflexo não consigo ver na água
Nem fazer canções sem nenhuma dor
Nem ouvir o eco dos meus passos
Nem lembrar meu nome quando alguém chamou

Se ao menos o meu amor estivesse aqui
E eu pudesse ouvir o seu coração
Se ao menos mentisse ao meu lado
Estaria em minha cama... outra vez

A beleza no rio do meu canto
A beleza em tudo o que há no céu
Porém nada com certeza é mais bonito
Quando lembro dos olhos do meu bem

Se ao menos o meu amor estivesse aqui
E eu pudesse ouvir o seu coração
Se ao menos mentisse ao meu lado
Estaria em minha cama... outra vez

hoje são pedro, muito provavelmente com a consciência pesada por conta da semana passada, colaborou e mandou um sol de respeito.

ontem fui para um encontro às escuras... duas palavras: lamentável e constrangedor. a minha irmã, única pessoa no mundo que gosta de ter cunhados, me armou mais essa... meninas, evitem essas roubadas...

mais um que chegou por e-mail...

LIÇÕES DE MARKETING

1) Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão, caminha até ela e diz: "Oi, eu sou ótimo de cama. Tá a fim?" Este, é o MARKETING DIRETO.

2)Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão, dá um toque numa amiguinha sua, que vai até o mulherão e diz: "Oi, meu amiguinho ali é demais na cama. Tá a fim?" Isso é PUBLICIDADE.

3)Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão, dá um jeito de conseguir o número do celular da criatura, liga e fala: "Oi, eu sou ótimo de cama. Tá a fim?" Isso é o TELE-MARKETING.

4) Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão. Você a reconhece!!! Vai até ela, refresca sua memória, conta umas mentirinhas pra ela rir e aí tasca na direta: "Oi, eu sou ótimo de cama. Tá a fim?". Este é o GRC - GERENCIAMENTO DE RELAÇÕES COM O CLIENTE.

5) Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão. Você baixa a cintura da calça, bota um boné com a aba pra trás e vai até ela cantando e dançando a Dança da tinha. Dá um sorriso de Tarcísio Meira, faz cara de Paulo Zulu, começa a conversa mole, elogiando a criatura, a mãe dela, o pé dela (a bunda dela, não, tá?), diz que sonhou a vida toda com ela e pergunta, cavalheiristicamente, se pode sentar-se ao lado dela e solta: "Oi. Eu sou ótimo de cama, tá a fim?". Esta é a ESTRATÉGIA AGRESSIVA DE VENDAS.

6) Você vai numa festa, vê um mulherão do outro lado do salão, e...Imagine... ELA VEM ATÉ VOCÊ e diz: "Oi, gatão. Ouvi dizer que você é ótimo de cama. Tá a fim?" ESTE SIM É O PODER DA MARCA.

Madrigal Melancólico

O que adoro em ti
Não é tua beleza
A beleza, é em nos que ela existe.
A beleza é um conceito.
A beleza é triste.
Não é triste em si,
Mas pelo que há nela de fragilidade e incerteza.

O que eu adoro em ti,
Não é a tua inteligência.
Não é o teu espírito sutil,
Tão ágil, tão luminoso,
- Ave solta no céu matinal da montanha.
Nem tua ciência
Do coração dos homens e das coisas.

O que eu adoro em ti,
Não é tua graça musical,
Sucessiva e renovada a cada momento,
Graça aérea como o teu próprio pensamento,
Graça que perturba e que satisfaz.

O que adoro em ti,
Não é a mãe que já perdi,
Nem a irmã que já perdi.
E meu pai.

O que eu adoro em tua natureza,
Não é o profundo instinto maternal
Em teu flanco aberto como ferida.
Nem tua pureza. Nem tua impureza.
O que eu adoro em ti, lastima-me e consola-me
O que eu adoro em ti, é a vida!

(Manuel Bandeira)

p.s. essa figura daí de baixo (pc x mac) me chegou por e-mail e não indicou o autor... por isso a falta de crédito.

tenho um primo que é louco, aficcionado por mac... nos primórdios da informática ele já lutava contra os PC's e tinha um amiga (já ouviram falar?)... na verdade o amiga sempre foi o verdadeiro amor dele... como a empresa faliu (eu acho), hoje ele é um mac maníaco (aliás, a macmania é uma ótima revista sobre mac's)... bem, tanto papo é para mandar esse post para ele! o bazar é uma empresa familiar, vocês não sabiam?


será que o quino fez essa pensando na argentina ou no brasil??


depois de uma noite tragicômica o sábado promete! depois conto tudo em detalhes...

sexta-feira, janeiro 24, 2003


ainda no festival gregório de matos...

De dois ff se compõe
esta cidade a meu ver:
um furtar, outro foder.

Recopilou-se o direito,
e quem o recopilou
com dous ff o explicou
por estar feito, e bem feito:
por bem digesto, e colheito
só com dous ff o expõe,
e assim quem os olhos põe
no trato, que aqui se encerra,
há de dizer que esta terra
de dous ff se compõe.

Se de dous ff composta
está a nossa Bahia,
errada a ortografia,
a grande dano está posta:
eu quero fazer aposta
e quero um tostão perder,
que isso a há de perverter,
se o furtar e o foder bem
não são os ff que tem
esta cidade ao meu ver.

Provo a conjetura já,
prontamente como um brinco:
Bahia tem letras cinco
que são B-A-H-I-A:
logo ninguém me dirá
que dous ff chega a ter,
pois nenhum contém sequer,
salvo se em boa verdade
são os ff da cidade
um furtar, outro foder

lembra que eu disse uma vez que o carlos nascimento, quando apresentava o jornal hoje com a carla vilhena, parecia que ia levantar a qualquer momento, dar uns tabefes nela e mandar ela para casa para lavar a roupa?

lembrei disso quando tive a idéia de fazer uma série sobre os pequenos momentos de tensão nos telejornais globais.

o primeiro: entrevistas do bom dia brasil das quais participa a mirian leitão. é ótimo!!! às vezes penso que ela vai sair no tapa com o entrevistado.

eu amo a banda larga!!!!

pequeno diálogo familiar (eu e a minha irmã) travado há dez minutos:

ela: estou enjoada...
eu (respondendo e-mail, continuei a digitar sem dar muita atenção)
ela: ai... quer enjôo...
eu (da mesma forma)
ela: eu estou enjoada... me diga uma palavra de consolo!
eu (deixando de digitar e olhando para ela): engov... estomazil...?

ESTOU EM CASA!!

salve o inventor da banda larga!!

quarta-feira, janeiro 22, 2003


"Definição do amor"

Mandai-me, Senhores, hoje
que em breves rasgos descreva
do Amor a ilustre prosápia,
e de Cupido as proezas.

(...) Uma ferida sem cura,
uma chaga, que deleita,
um frenesi dos sentidos,
desacordo das potências.

(...) Enfim o Amor é um momo,
uma invenção, uma teima,
um melindre, uma carranca,
uma raiva, uma fineza.
Uma meiguice, um afago,
um arrufo, e uma guerra,
hoje volta, amanhã torna,
hoje solda, amanhã quebra.

(...) O Amor é finalmente
um embaraço de pernas,
uma união de barrigas,
um breve tremor de artérias.
Uma confusão de bocas,
uma batalha de veias,
um rebuliço de ancas,
quem diz outra coisa, é besta.

(gregório de matos)


Post Presente

para a minha cliente VIP assídua, ótima freguesa e proprietária do empório capixaba (link ali em cima, porque além de tudo ela é uma mais mais do bazar), um post especial!!!


EU TAMBÉM QUERO PODER AUMENTAR O MEU PRÓPRIO SALÁRIO!
e quero décimos terceiro, quarto e quinto
e quero auxílio moradia e auxílio paletó (aliás, um auxílio pretinho básico seria melhor...)

Folha Online
21/01/2003
Sociólogo critica aposentadoria especial a juízes

O sociólogo português, Boaventura de Souza Santos, defendeu ontem o fim de aposentadorias especiais na Previdência brasileira, mas se disse "cético" quanto a bons resultados.
Ex-integrante da comissão que reformou o sistema previdenciário português, Boaventura falou no 2º Fórum Mundial de Juízes, evento paralelo ao Fórum Social Mundial. Não se acanhou em dizer aos juízes que eles devem abrir mão de vantagens previdenciárias e que "cidadania não é só direitos, mas também deveres".
"A idéia de que o sistema previdenciário está na bancarrota é falsa, porque o Estado deveria dar sua parte. Durante muito tempo os Estados não o fizeram. Pelo contrário, utilizaram a Previdência para resolver seus problemas", declarou.
"Não tenho dúvida de que essas reformas foram feitas para lançar mais dinheiro no mercado de capitais internacional." Cita a Argentina, cujo sistema quebrou, e defende o sistema com contribuições pública e complementar, mais a capitalização em contas individuais.
No fórum, ele defendeu que outros profissionais, como sociólogos e psicólogos, atuem como juízes e elaborem sentenças em certas ocasiões: "Às vezes, as questões são complexas, como no caso de menores".

Perfeito... também sou a favor do fim de aposentadoria especial... mas a verdade é que a gente está pagando o pato por anos de má administração, roubalheira, desvios de finalidade, proteção de interesses individuais e internacionais... por isso, só vou aceitar alegremente e achar que o fim justificará os meios quando se começar a tomar certas previdências... contra a corrupção, por exemplo, poderíamos ter algo assim, como um paredãozinho de leve...

aqui no exílio não tem juiz titular nem defensor público. sobra prá mim. aqui, tenho que ser juíza, defensora, promotora, psicóloga, psiquiatra, mãe... alguns pedidos que ouvi esses dias:

- Dra. quero me separar do meu marido e queria que a sra. desse uma ordem pra ele sair de casa;

- Dra. a minha filha não está me obedecendo, tá chegando tarde em casa, queria que a sra. chamasse ela aqui pra conversar com ela;

- Dra. a minha mulher saiu de casa, eu queria que a sra. chamasse ela aqui pra pedir para ela voltar;

- Dra. o meu ex-marido não paga pensão pros filhos...
- Vamos chamar ele aqui para fazer o acordo... qual o endereço?
- Não sei não, Dra, queria que a sra. descobrisse;

- Dra. queria me mudar mas para isso tenho que vender o terreno onde moro. queria que a senhora chamasse o meu vizinho aqui para ele comprar a minha terra

uma mulher falou no jornal nacional que a mistura de raças no brasil não foi feliz e que não deveria ter ocorrido... só não vou entrar no mérito da questão, analisando a infeliz e preconceituosa afirmação, porque, no caso particular da senhora que falou isso, a mistura não deu certo, realmente...

recebi o mesmo texto por e-mail de três pessoas diferentes. o título é “felicidade realista”, e tem lá que é de Mário quintana... gosto de mário quintana, já li muita coisa dele, mas nenhuma referência que fosse a esse escrito... por outro lado, lendo o primeiro parágrafo já dá para perceber que não é o seu estilo... tem também um texto sobre palavrões que circula na net cuja autoria foi atribuída a millôr fernandes, o que já foi desmentido pelo próprio (no site oficial dele - não é o “direito ao foda-se” que a lidiane colocou no empório, esse é muito legal).

fico pensando qual o motivo disso? o que leva uma pessoa a fazer um textozinho medíocre e colocar o nome de alguém famoso? publicidade não é, porque a pessoa fica anônima... desmerecer o autor também não é, porque é o tipo de coisa que não engana muita gente... alguém me diz o porquê?

terça-feira, janeiro 21, 2003


eu adoro o joãozinho!

"A mãe estava trabalhando na cozinha e escuta o filho brincando com o novo trem elétrico na sala. Ela escutou o trem parar e seu filho dizer:

- Todos os filhas das putas que querem desembarcar, saiam desta porra de trem agora, porque essa e a última porra de parada. E todos os filhas das
putas que estavam voltando e desejam entrar na porra deste trem, coloquem suas bundas no trem agora, porque nos vamos sair com essa merda daqui logo!!

A mãe foi a sala e falou ao filho:

- Nós não usamos esse tipo de linguagem aqui em casa!!! Vá já pra seu quarto e fique lá por 2 horas. Quando você voltar, poderá brincar com seu
trem, mas só se usar uma linguagem adequada.

Duas horas depois o garoto sai do quarto e volta a brincar com seu trem.

Logo o trem para e a mãe escuta o filho dizer:

- Todos os passageiros que estão desembarcando do trem, por favor lembrem-se de levar seus pertences pessoais. Nós agradecemos a todos por
viajar conosco hoje e esperamos que tenham tido uma ótima viagem. Nós esperamos que vocês viajem conosco novamente!

Ela escutou o pequeno garoto continuar a falar:

- Para aqueles que já estão embarcando, nós pedimos que acomodem suas malas de mão debaixo dos assentos. Lembrem-se de que não há área para
fumantes no trem ! Nós esperamos que todos venham a ter hoje uma viagem prazerosa e relaxante!

A mãe mal pode ficar orgulhosa pela educação do garoto e ele adicionou:

- E para aqueles que estão putos da vida com o atraso de 2 horas, reclamem com a vaca que tá lá na cozinha!!!


Post Recadinho

queridos fregueses, sei que não estou respondendo os comentários, mas leio todos e, como já disse antes, visito todos vocês, viu?? venham sempre me ver!! :o) Preciso de vocês!!

Coisa Louca, fui no teu blog mas não respondi quem era o carinha simpático porque não faço a mínima idéia de quem seja o bonequinho... :o)
Li, o Bennet também me respondeu... uma simpatia, né? :o))
Marcelo, o comentário sobre as luzinhas no interior e exterior está me fazendo rir até agora.
Cora, os comentários geniais não são meus... mas assino embaixo de todos!
Sunny, adorei a sua passagem por aqui... :o)

todo mundo: continuem vindo me ver, tá?? vocês são as minhas preciosas companhias no exílio... :o)

Beijos!!

novo programa de entrevistas da TV baiana. rede Record, 13:20. legenda na TV: “bispo Edimir Macedo entrevista encosto”. entrevista digna do programa do jô.

segunda-feira, janeiro 20, 2003


Tenho Sede
(Dominguinhos/Anastácia)
Traga-me um copo d'água
Tenho sede
E essa sede pode me matar
Minha garganta pede
Um pouco de água
E os meus olhos pedem teu olhar
A planta pede chuva
Quando quer brotar
O céu logo escurece quando vai chover
Meu coração só pede o teu amor
Se não me deres posso até morrer



a terra fotografada pelo satélite ACTS

pesquei no café preto (link ali em cima, vai lá!)

a minha sobrinha pediu para que achasse para ela um site sobre o filme o mágico de oz. na minha procura achei esse aqui. não vou me arvorar a comentar sobre o “estudo”... não conseguiria... o que me deixa encafifada é: como a criatura teve essa idéia? um flash? alguma mensagem do além? um insight? comunicação telepática por seres de outro planeta? absoluta falta do que fazer? mistério...



recebi por e-mail:

“Frases em Embalagens

Dá para acreditar que estas advertências estão realmente escritas em
embalagens de produtos portugueses? (depois falam que a gente exagera...).

Na embalagem de sabonete Dial:
"INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL"
(Boa! Cabe a cada um imaginar pra que serve um sabonete anormal...)

Em alguns pacotes de refeições congeladas da marca Swan:
"SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO"
(É só sugestão! De repente o pessoal pode estar a fim de chupá-la como sorvete...).

Num hotel que oferecia touca para a ducha:
"VÁLIDO PARA UMA CABEÇA"
(Alguém muito romântico poderia colocar a sua e a da amada na mesma touca...)

Na sobremesa Tiramisú, da marca Tesco, impresso no lado de baixo da caixa:
"NÃO INVERTER A EMBALAGEM"
(Oops!!! leu o aviso...é porque já inverteu!)

No pudim da Marks & Spencer:
"ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO"
(Brilhante!!!).

Na embalagem da tábua de passar Rowenta:
"NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO"
(Gostaria de conhecer a infeliz criatura que não deu ouvidos a este aviso)

Num medicamento (pediátrico) contra o catarro INFANTIL da Boots:
"NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINÁRIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE MEDICAMENTO"
(Tantos acidentes na construção civil poderiam ser evitados se fosse possível manter esses hooligans de 4 anos longe dos Catterpillars)

Nas pastilhas para dormir da Nytol:
"ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA"
(Pode não, deve!!!! Foi prá isso que eu comprei!!!!).

Numa faca de cozinha:
"IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO"
(Será que lá os cachorros e gatos são ninjas disfarçados? Nunca vi nenhum mexer em faca!!)

Numa fileira de luzes de Natal:
"USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR"
(Alguém pode me dizer qual é a 3ª opção??).

Nos pacotes de amendoim da Sainsbury:
"AVISO: CONTÉM AMENDOINS"
(Mania de estragar as surpresas!!)

Numa serra elétrica da marca Husqvarna:
"NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS"
(Sem comentários...)”

aimeudeusdocéu! o bush tá querendo que o saddam venha para o exílio, é?? era só o que me faltava!!!

domingo, janeiro 19, 2003


estou indo... mas...

semana que vem estarei de volta!!! :o)

e vamos parar com essa hipocrisia de dizer que só vou postar quando voltar, né? não quero mais ser fura greve... :o))

ah! e hoje, o que me leva para frente, é saber que no dia 08 de fevereiro estarei aqui:


no dia oito o tempo pode parar…

quanto a vocês, torçam muito para eu conseguir chegar logo em salvador (estou falando de vir trabalhar aqui… tem que chover promoção…) porque a minha casa vai ser aí nesse paraíso… ano que vem começo a minha poupancinha habitação… é claro que os meus caríssimos fregueses serão convidados para váááááários almoços lá! :o)

lembra que um dia eu falei que o nababu tinha um link para o bazar, e que era numa lista dinâmica, então o bazar estava, não estava, estava, não estava...

pois é... agora fomos promovidos e fazemos parte da lista dos “the best”... o bazar vai estar sempre!! quer dizer... sempre até o joão enjoar de tanta bobagem... :o))