sábado, novembro 02, 2002

alguém me tire daqui, por favor!!!!!!
rede tv - joão kleber
sbt - gugu
globo - zorra total
bandeirantes - um documentário com um monte de pedras
record - mara maravilha

art. 122 do código penal: induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio - pena - 2 a 6 anos se o suicídio se consuma - o que vai ser o caso, porque quando eu decido fazer uma coisa, faço bem feita.

inauguro aqui a série de posts "exemplos de literatura palpável - aquela que vc lê e sente"

Toco a sua boca, com um dedo toco o contorno da sua boca, vou desenhando essa boca como se estivesse saindo da minha mão, como se pela primeira vez a sua boca se entreabrisse, e basta-me fechar os olhos para desfazer tudo e recomeçar. Faço nascer, de cada vez, a boca que desejo, a boca que a minha mão escolheu e desenha no seu rosto, e que por um acaso que não procuro compreender coincide exatamente com a sua boca, que sorri debaixo daquela que a minha mão desenha em você.

Você me olha, de perto me olha, cada vez mais de perto, e então brincamos de cíclope, olhamo-nos cada vez mais de perto e nossos olhos se tornam maiores, se aproximam uns dos outros, sobrepõem-se, e os cíclopes se olham, respirando confundidos, as bocas encontram-se e lutam debilmente, mordendo-se com os lábios, apoiando ligeiramente a língua nos dentes, brincando nas suas cavernas, onde um ar pesado vai e vem com um perfume antigo e um grande silêncio. Então, as minhas mãos procuram afogar-se no seu cabelo, acariciar lentamente a profundidade do seu cabelo, enquanto nos beijamos como se tivéssemos a boca cheia de flores ou de peixes, de movimentos vivos, de fragância obscura. E se nos mordemos, a dor é doce; e se nos afogamos num breve e terrível absorver simultâneo de fôlego, essa instantânea morte é bela. E já existe uma só saliva e um só sabor de fruta madura, e eu sinto você tremular contra mim, como uma lua na água.

Jogo de Amarelinha
Júlio Cortázar

uma falha (imperdoável) da minha parte... o link para o catarro verde, aí em cima, tá errado... portanto, querendo ir ao catarro verde, o verdadeiro, único e original, cliquem aqui: catarro verde, e não lá. na terça, quando chegar em casa, conserto.

a direção pede desculpas e agradece.

SOS
não aguento mais... nada de bom prá fazer... trouxe um monte de trabalho prá casa, prá passar o tempo, mas não tenho saco prá isso... acho que até a segunda-feira enlouqueço... alguém para me salvar desse marasmo? alguém?

sexta-feira, novembro 01, 2002

pixaram a estátua do drummond... a cultura desse país já vem sendo pixada faz tempo... a abl que atire a primeira lata de tinta spray...
o carlos nascimento, âncora do jornal hoje, não parece que vai levantar a qualquer momento, dar uns tapas na carla vilhena e mandar ela ir para casa lavar roupa? eu tenho medo dele...
esse campeonato brasileiro me deixa triste. é deprimente me pegar torcendo pelo “não rebaixamento” ao invés de pela classificação. classificação... isso parece fazer parte de um passado tão distante...

---------------------------

em tempo... sou BAÊA, BAÊA, BAÊA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (Bahia, para os de fora. o único que merece letras maiúsculas!!!
tem gente que tem um talento invejável para ganhar dinheiro (digo honestamente). esse eu não tenho, logo, não o ganho com facilidade.... mas, modéstia à parte, tenho alguns outros que compensam a falta deste e até me fazem encarar numa boa a pilha de contas que eu tenho que suar muito pra pagar... :o))
um dos programas do governo do estado para o combate à fome: restaurante “prato do povo”, com almoço a um real. combater a fome vendendo almoço a um real, né? então tá. agora, a título de sugestão, podiam aprovar uma lei que instituísse ba-vi todo domingo, na fonte nova e no barradão, alternadamente. porque o pão já temos, só falta o circo.
li no uol educação:

Notícias
30/10/2002 - 19h54
Universidade Federal da BA dá título de Doutor Honoris Causa a Lula

De Alexandre Bigeli
Em São Paulo

O Conselho Universitário da UFBA (Universidade Federal da Bahia) concedeu ao presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, o título de Doutor Honoris Causa.
A concessão foi anunciada nesta quarta-feira (30/10), após decisão unânime da comunidade acadêmica.
É a primeira universidade do país a conceder o título ao presidente eleito do Brasil. "Esse é o reconhecimento da academia ao saber não-acadêmico", disse o diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Antonio Guerreiro, autor da proposta de concessão do título.
Entre as personagens que já receberam o título da UFBA, está o cantor e compositor Caetano Veloso, 60. No carnaval de 1998, ele agradeceu a honraria de cima de um trio elétrico. "Agora, quando eu estiver rebolando, estará rebolando um doutor", disse Caetano à época.
Para o ex-reitor da UFBA, Heonir de Jesus Pereira da Rocha, não há descompasso entre o título acadêmico e a falta de formação universitária de Lula. "Não vejo nada que diminua o presidente ou que o impeça de receber a honaria".

lembra do estouro da boiada alucinada :o)? essa semana falei com o cara que estava tocando os bois pelo meio da rua, guiando-os para o matadouro. palavras dele: “é dra., a gente fazia isso antes, toda sexta feira, e já sabia que era errado. agora que a senhora viu ficou mais errado ainda.”
refrão da música que estava tocando numa barraca da feira da cidade hoje de manhã: “doce tentação, fazer amor com ela // louca tentação, se fizermos na janela” – das duas uma (a depender da altura da janela): ou é suicídio ou é ultraje público ao pudor. ou os dois.

o pior de tudo?? esse refrão que acabei de citar não sai da minha cabeça.
na quinta feira fomos “ouvir” uma velhinha, numa audiência de uma ação de interdição. ouvir entre aspas porque ela não fala... fomos até ela pq também não anda. foi num lar de idosos. pessoas naquela idade, vivendo daquela maneira, fazem a vida parecer uma brincadeira sem graça. conheço algumas pessoas que deveriam ver o que eu vi ali. o meu mundinho perfeito, as minhas necessidades fúteis (paradoxo proposital) e ambições vazias foram sacudidos e eu levei um tapa na cara. um murro, aliás.
o lula vai mesmo participar do “arquivo confidencial” no faustão?? Acabei de ver uma propaganda da globo comemorando a democracia e desejando boa sorte ao novo presidente. sabe aquilo escrito ali embaixo, sobre um cheirinho oportunista da rede globo? acho que falei cedo demais. o lula deve tomar cuidado, querem pegar carona e fazer dele estrela global. uma fugidinha das câmaras ia bem... eu acho...
o racionamento “internético” começou porque a minha conta telefônica do mês retrasado pagou umas duas parcelas da privatização... :o))
vou passar o final de semana aqui no exílio. não tem provedor de internet. a ligação é interurbana. às favas. O meu racionamento de internet vai para debaixo do tapete nos três próximos dias. a telemar agradece.
antes de qualquer coisa, obrigada “quem???”!! :o)) estou te devendo o jantar, viu?

segunda-feira, outubro 28, 2002

tá bom, tá bom! agora eu tô indo mesmo... pela terceira e derradeira vez: até sexta!
já tô aprendendo a colocar figuras aqui. tá certo que ficou assim, meio solta num espaço imenso, mas dêem um desconto, eu fiz sozinha, sem ajuda de ninguém... :o))
vi isso há algum tempo, no blog da cora. adorei






Nova pagina 1





disse que ia mas voltei. só porque li isso no leite de pato

"Povo comemora vitória de Lula com festa em Salvador
Baiano é foda!!! Os caras vão comemorar essa porra durante uns 20 dias... Mas o pior é quando os repórteres descobrirem que a baianada, na verdade, ainda está comemorando a eleição do Jânio!!!"


ser baiana é tão bom... :o)

mas sabe o que é melhor? é que é a primeira vez em anos que temos uma manifestação política na rua, no brasil inteiro, em clima de festa e que não tem aquele cheirinho oportunista de rede globo por trás (ops!) (ex. caras pintadas/anos rebeldes)

até sexta. vou voltar e a festa ainda vai estar rolando... :o))
bem... agora, só na sexta-feira... amanhã cedinho parto para o exílio. espero não ter mais problemas como rebanhos alucinados, mas também espero vir com alguma novidade legal para contar. ou pelo menos com uma história engraçada. ah! se alguém passar por aqui e souber como colocar comments para os posts, pode fazer a caridade de me ensinar? agradecida. depois pago um cineminha.
não sei inglês. não faço a mínima idéia do que quer dizer html. quando vou ver o template (que raios é template??) do blog me sinto como uma disléxica. tudo que fiz por aqui, que foge ao modelo padrão do blogger, foi no chute. fiz tudo sozinha (tudo bem, é pouca coisa, mas prá mim é muitão!! :o)). nunca tive sequer uma aula de programação. até pouco tempo atrás, só usava o word no computador. acho que sou autodidata em blog. estou com uma pontinha de orgulho de mim :o)
se alguém, por algum acaso da vida, passar por aqui, e esse alguém souber como colocar figuras em um post, será que poderia fazer a gentileza de escrever para o e-mail ali em cima me ensinando? muito agradecida. depois eu pago um jantar.
para lembrar que nem tudo é perfeito e que os olhos precisam conutinuar (muito) abertos:

RORIZ (PMDB) 50,6%
MAGELA (PT) 49,4%
"Quero dizer para vocês que esse resultado eleitoral me obriga a afirmar a todos vocês que, embora tenha sido eleito pelo meu partido e pelos aliados do PC do B, do PL, do PCB e do PMN, a partir do dia 1º de janeiro, eu serei presidente de 175 milhões de brasileiros."

o primeiro pronunciamento

"Incontestável é o fato de que Lula exumou das cinzas as velhas idéias do sonho e da utopia, trazendo-as de volta à esfera da ação política."

no minimo - j.m.s

hoje o dia tá gom um gostinho especial, né? sabe aquela sensação boa de quando a gente acorda no dia do nosso aniversário? (adoro dia de aniversário)... só mesmo o lula prá fazer isso. o meu primeiro voto foi para ele, há 12 anos. valeu a pena perseverar. sejamos felizes!

domingo, outubro 27, 2002

já fui votar, com o meu visual "vota brasil". batom vermelho e faixa vermelha na cabeça. camiseta deixando aparecer o biquíni. cheiro de protetor solar e cara de "deixa eu aproveitar que no ano que vem eu posso estar no seu lugar" para os mesários. agora vou pegar um cineminha. domingos têm que ser bem aproveitados, senão se tornam deprimentes. amanhã é feriado, não precisarei retornar ao exílio, o que está me deixando particularmente feliz. tomara que a terça demore exatos 1347 anos para chegar.
como não sei fazer aquela lista dos meus preferidos, aqui vão eles, num post mesmo (sem qq ordem de preferência - todos são bons):

pé sujo
mariscada
eu hein
hoje sou
o descrente

sei que estou esquecendo alguns... depois eu lembro...
catarro verde

outro muito bom.
ainda preciso descobrir como o pão de mel que eu faço pode conseguir o selo de qualidade adivepam
leite de pato

eu leio.

tudo bem, isso não quer dizer muita coisa. nunca fui formadora de opinião. mas o cara é muito bom.
ah. não gosto de letras maiúsculas. só prá esclarecer.
na sexta, quando estava voltando para a liberdade, aconteceu algo surreal/non sense/onírico. e eu participei. estava esperando o ônibus (sim, porque a liberdade também vem de ônibus), quando, de repente, o grito: "olha o boi!". olhei para trás e não era só um boi. o povo todo correndo, desesperado, e uma boiada atrás, alucinada. eu, imediatamente, corri para trás de um cidadão e fiquei lá, segurando-o pelos ombros. um boi fez menção de vir para cima de nós. ele pegou um pedaço de pau e o espantou. eu, pernas trêmulas, me sentindo como num daqueles sonhos em que a gente se percebe só de calcinha no meio da rua. um misto de terror e espanto, diante da situação completamente insólita. quando a primeira leva de bois passou, corri desesperada e desabalada para a farmácia, do outro lado da rua. "é isso toda sexta-feira", disse o dono da farmácia, "quando os bois estão indo para o matadouro." é. aconteceu comigo.
um aviso: não sei se alguém vai ler isso aqui... mas, como tudo é possível, um recadinho: só escrevo nos finais de semana... nos dias úteis eu vou para o meu exílio... mas as histórias mais interesantes que contarei aqui sairão de lá, isso eu garanto.
por que mulheres, quando ocupam cargos de autoridade, têm a tendência de querer se impor mais que o necessário se tornando arbitrárias? conheço várias assim.
vamos aos pouquinhos... um dia chego lá... mas se tiver uma praia com uma rede e água de coco no caminho vou atrasar um pouco...
existem músicas que não deveriam tocar muito nas rádios... são aquelas que são boas, mas que com a repetição se tornam ordinárias, sabe como é?